Arquivo da categoria: Ateliê Canto em Grupo

Canto, capoeira, cordel e xilogravuras na EMEF Doutor Habib Carlos Kyrillos

No último sábado, dia 20/10/2018, teve mostra cultural na EMEF Doutor Habib Carlos Kyrillos – e o Ateliê-Escola esteve lá! Rolou apresentação de canto coral, com turmas do 2º ano que participam do Ateliê Canto em Grupo. Também teve uma roda de capoeira com o 3º ano que faz parte do Ateliê Som e Movimento: Capoeira, além de exposição de instrumentos e materiais sobre a história da capoeira. Para finalizar, os alunos de 4º e 5º anos que participam do Ateliê Era Uma Vez… expuseram cordéis e xilogravuras que fizeram neste semestre.

As atividades foram realizadas pelas crianças sob orientação dos educadores George Ferreira, Robson Pessoa (Canto em Grupo), Rodrigo Fonseca, Paula Araújo, Camila Nascimento (Som e Movimento: Capoeira) e Márcio Maracajá (Era Uma Vez…).

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Turmas do Ateliê Canto em Grupo apresentam clássicos da MPB em Mostra Cultural

As turmas do Ateliê Canto em Grupo (Ateliê-Escola) da EMEF Doutor Antônio Carlos de Abreu Sodré fizeram apresentações na Mostra Cultural da escola! O evento aconteceu no dia 15 de setembro e reuniu pais, moradores do bairro e toda a comunidade escolar. A primeira turma a se apresentar foi a do educador George Ferreira, seguida da turma da educadora Luciene de Azevedo. O repertório incluiu clássicos da MPB e cantigas populares, como “Canto do povo de algum lugar”, de Caetano Veloso, “Minha canção”, de Chico Buarque, “Águas de março”, de Tom Jobim e “Maria, Maria”, de Milton Nascimento.

Jubileu: canções da MPB na voz das crianças do Ateliê Canto em Grupo

O Jubileu da Eurofarma, realizado no dia 27 de abril, contou novamente com uma linda apresentação do Ateliê Canto em Grupo, do Matéria-Prima Itapevi! O evento é uma grande festa que homenageia os funcionários da Eurofarma que completaram 10, 15, 20 e 25 anos de trabalho na empresa. 20 crianças, acompanhadas pelo educador Daniel Reginato, se apresentaram aos mais de 200 convidados presentes no Buffet Torres, em São Paulo (SP). O repertório foi composto por canções populares da MPB: “Estrela”, de Gilberto Gil; “O pato”, de Jaime Silva e Neusa Teixeira; e “Abri a porta”, de Dominguinhos e Gilberto Gil.

Ateliê-Escola: saiba como foram os encerramentos em cada ateliê

O Ateliê-Escola encerrou as atividades de 2016 com uma série de atividades e apresentações que envolveram os participantes dos ateliês, pais e comunidade escolar. Confira o que foi realizado ao longo de novembro e no início de dezembro!

As crianças do Ateliê Arte para Todos decoraram bancos da EE Professora Amélia Moncon Ramponi e muretas, corrimões e armários da EMEF Alferes Tiradentes com mosaicos coloridos. O 1º ano da EMEF Carlos de Andrade Rizzini desenhou retratos inspirados nas pinturas de Amadeo Modigliani, que foram colocados em uma placa de MDF e instalados em uma parede da escola. E a turma da EMEF Professora Maria Lucia dos Santos finalizou sua colcha de retratos, que será instalada na escola.

O encerramento do Ateliê Canto em Grupo foi marcado por diversas apresentações! Algumas delas aconteceram durante as Mostras Culturais da EE Amélia Moncon e das EMEFs Carlos Rizzini, Doutor Antônio Carlos de Abreu Sodré e Professor Laerte Ramos de Carvalho. Já as crianças das EMEFs Alferes Tiradentes e João Gualberto do Amaral Carvalho, além de outras turmas da EE Amélia Moncon e da EMEF Carlos Rizzini, se apresentaram em suas escolas para pais, alunos e funcionários.

Nas EMEFs Alferes Tiradentes e Carlos Rizzini e na EE Amélia Moncon, as turmas do Ateliê Jogos e Brincadeiras se juntaram para um dia de muita diversão, com várias brincadeiras regionais aprendidas no ateliê durante o semestre.

O Ateliê Era Uma Vez… organizou o lançamento e a entrega dos livros elaborados pelos participantes ao longo do semestre. As crianças da EMEF Maria Lucia dos Santos e da EE Amélia Moncon fizeram textos e ilustrações para recontar do seu próprio jeito as histórias que conheceram no ateliê.

As turmas do Viveiro Escola na EMEF Alferes Tiradentes foram presenteadas com vasinhos de mudas e participaram de brincadeiras no espaço do viveiro. Na EMEFM Professor Linneu Prestes, as crianças prepararam vitaminas deliciosas misturando frutas e ervas e hortaliças colhidas no viveiro: menta, couve, malva-cheirosa, malvavisco, hortelã, flor-de-cosmo, erva-doce, folha de pitanga e capim-limão.

Uma grande roda de capoeira foi realizada na Mostra Cultural da EMEF Laerte Ramos para finalizar as atividades do Ateliê Som e Movimento – Capoeira. Cada turma da EE Amélia Moncon também organizou uma roda para jogar capoeira.

O Festival de Animação do Ateliê Digital agitou a criançada da EE Amélia Moncon e das EMEFs João Gualberto e Antônio Carlos Sodré! Desta vez, os filmes em stop motion de cada escola foram exibidos em outra escola para que os alunos escolhessem o vencedor do Festival. As turmas premiadas receberam medalhas e um troféu. Além disso, os filmes feitos pelos participantes da EMEF Laerte Ramos no primeiro semestre e pelas crianças da EE Amélia Moncon neste semestre foram exibidos nas Mostras Culturais das escolas. Confira duas das produções deste ano:

Festival Matéria-Prima 2016 encerra as atividades do ano em Itapevi

Para encerrar as atividades do ano, o Matéria-Prima Itapevi realizou o Festival Matéria-Prima 2016. Durante o mês de novembro e o início de dezembro, os ateliês apresentaram suas produções aos participantes e funcionários do MP Itapevi, pais, comunidade e público interno da Eurofarma. Veja só o que aconteceu!

Entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro, as unidades da Eurofarma receberam o Festival do Instituto Eurofarma, com apresentações da peça “As três velhas tecelãs” – um teatro de fantoches encenado pelo Ateliê Matéria-Prima Encena – e pocket shows com muito samba do Ateliê Canto em Grupo.

O pessoal do Ateliê Era Uma Vez… contou histórias que falam de medo e coragem aos seus familiares e amigos na sede do MP Itapevi, em 23 de novembro.

O Ateliê Arte na Cidade fez uma vernissage para inaugurar a nova pintura dos muros da EE Paulo de Abreu nos dias 22 e 23 de novembro. Além dos integrantes do ateliê, participaram professores e coordenadores da escola. As crianças também coloriram os muros internos da sede do MP Itapevi com desenhos de seres mitológicos.

A garotada do Ateliê Matéria-Prima no Ar apresentou a nova edição da revista eletrônica “Abre-te Cérebro!” aos alunos de Marketing e Comunicação da Unidade Educacional do Instituto Eurofarma. A visita aconteceu no dia 23 de novembro.

Nos dias 1, 8 e 22 de novembro, foram realizadas apresentações do Ateliê Canto em Grupo na sede do MP Itapevi, para integrantes, funcionários, familiares e amigos; e para os alunos do Instituto Madre Paula Elizabete Ceriolli. O tema foi “O samba pede passagem”.

Ao longo do semestre, o Bloco MPI (Ateliê de Percussão) fez oficinas de maracatu e apresentações em quatro escolas municipais de Itapevi. As atividades foram encerradas em 19 de novembro com um cortejo na rua para familiares, amigos e toda a comunidade.

A peça “As três velhas tecelãs” foi encenada pelas crianças do Ateliê Matéria-Prima Encena para o público interno do MP Itapevi, no dia 1º de novembro; e para alunos de duas escolas municipais de Itapevi, nos dias 8 e 22 de novembro. As crianças também presentearam as escolas com fantoches e o roteiro da peça.

Os participantes do Ateliê Itapevi + Verde distribuíram mudas de plantas para as casas vizinhas ao MP Itapevi e finalizaram os jardins construídos nas casas de quatro crianças. As atividades aconteceram em 23, 25 e 30 de novembro.

Em 28 de novembro e 1º de dezembro, a turma do Ateliê de Capoeira fez uma demonstração dos movimentos e golpes aprendidos ao longo do ano.

As produções do Ateliê de Linguagem foram publicadas em um site para que todos possam conferir. Acesse neste link.

Ateliê Canto em Grupo se apresenta em Mostras Culturais

No dia 5 de novembro, o Ateliê Canto em Grupo, do Ateliê-Escola, participou da Mostra Cultural de duas escolas. A turma da educadora Camila Nascimento se apresentou na EE Professora Amélia Moncon Ramponi e cantou cinco músicas: “Vida de viajante” e “Qui nem jiló”, de Luiz Gonzaga; “Voa bicho”, de Milton Nacimento; “Tenho sede”, de Gilberto Gil; e “Tum pá”, do Barbatuques.

Já a turma do educador George Ferreira fez uma apresentação na EMEF Carlos de Andrade Rizzini, que também foi a apresentação de encerramento do semestre. O repertório foi composto por dez canções: “O som da pessoa”, de Gilberto Gil; “Minha canção”, de Luis Enríquez, Sergio Bardotti e Chico Buarque; “Ciranda da bailarina”, de Chico Buarque e Edu Lobo; “Ora bolas”, de Paulo Tatit e Sandra Perez; “Paula e Bebeto”, de Milton Nascimento; “O vento” e “Maracangalha”, de Dorival Caymmi; “Eu só quero um xodó”, de Dominguinhos; e as canções populares “Juvená” e “Cirandeiro”.