Arquivo da categoria: Brincadeiras

Técnica de enfermagem do MPSP é apresentada na reunião de pais

Mais uma reunião de pais e responsáveis do Matéria-Prima São Paulo aconteceu no meio de agosto! Como é de costume, foram feitos dois encontros: um com a turma da manhã e outro com a da tarde. Desta vez a novidade foi a apresentação da nova profissional que está diariamente no MPSP: uma técnica de enfermagem!

A primeira reunião aconteceu na sexta-feira à noite, no dia 16 de agosto de 2013. Os responsáveis foram recepcionados com um cafezinho, enquanto preencheram uma pesquisa de satisfação. Os educadores Everton Dantas e Paulla Zeferino fizeram atividades do Ateliê Jogos e Brincadeiras e todos participaram.

Já no sábado de manhã, 17 de agosto, foi a vez de Márcio Maracajá, do Ateliê Era uma vez…, contar uma história da lua, que sensibilizou todos que estavam por lá. Alguns pais até participaram como personagens! Nos dois encontros, logo após as atividades o coordenador do MPSP, Renato Souza, apresentou a técnica de enfermagem, Talita Naider M. Santos. Ela é formada no curso do Instituto Eurofarma e desde 1º de julho está realizando o trabalho de promoção da saúde junto às crianças do Matéria-Prima.

Renato também apresentou aos presentes os projetos do 2º semestre e as atividades que serão realizadas.

Abre-te Cérebro! Revista eletrônica #3

Está no ar mais uma revista “Abre-te Cérebro!“. Ela é resultado das leituras, debates e pesquisas que as crianças do Ateliê Matéria-Prima no Ar – Cultural Digital, do Matéria-Prima Itapevi, realizaram durante todo o semestre.

Para produzir a reportagem “Próxima Estação…”, elas visitaram a Estação Júlio Prestes e a Sala São Paulo. Também foram a uma editora, onde puderam ver “Como nascem os livros”. A revista também tem a matéria “Brinquedos à moda antiga”, feita a partir da pesquisa do Ateliê Jogos e Brincadeiras.

Há muito mais! A terceira edição traz uma entrevista com o poeta César Obeid, com o jogador de futsal Humberto Alves, reportagens sobre arte, dança e skate, dicas de filmes e livros, além de uma história em quadrinhos. Não perca!

abre-te cerebro]

Tabuleiro humano

Usar o corpo como peça em um jogo de tabuleiro. Esta foi a brincadeira realizada dia 27 de outubro no 7º Encontro de Família do Matéria-Prima Itapevi, que foi conduzido pela educadora Roberta Soares. No encontro, as crianças puderam apresentar suas pesquisas sobre jogos e mostrar a seus familiares peças construídas por elas mesmas.
O evento foi encerrado com uma animada dança circular!
Muito raciocínio e diversão com o Ateliê de Jogos e Brincadeiras!

Entrega de jogos de tabuleiro produzidos no Ateliê Jogos e Brincadeiras

Os aprendizes do Ateliê Jogos e Brincadeiras (realizado em Itapevi) entregaram a alunos da Cemeb Maestro Gilberto de Pinho jogos de tabuleiro confeccionados por eles.

Ao longo do semestre, conduzidos pela educadora Roberta Soares, os participantes do Ateliê confeccionaram os jogos com madeira e tinta. Como encerramento do percurso, os entregaram a 8 turmas de trinta alunos cada do Ensino Fundamental I da escola.

Confiram cliques da entrega:

Participantes do Matéria-Prima convidam alunos de escola estadual para brincadeiras no parque

Os participantes do Ateliê Jogos e Brincadeiras do Matéria-Prima São Paulo convidaram 80 alunos da EMEF Amélia Moncon para aprenderem as brincadeiras desenvolvidas no Ateliê (coordenado pela educadora Haiesca Martins).

O local escolhido para os encontros foi o Parque Ecológico Guarapiranga. As crianças foram divididas em 4 grupos, que se distribuíram pelas manhãs e tardes dos dias 29 e 30 de maio para se divertirem com brincadeiras coletivas de tradição popular.

Vejam um pouquinho do que rolou:

Apresentações sacodem as escolas!

No mês de maio, o Ateliê Som e Movimento levou apresentações de maracatu para os recreios das EMEFs Carlos de Andrade Rizzini, João Gualberto A. Carvalho, Laerte Ramos Carvalho e Prof. Maria Lúcia dos Santos.

O objetivo era convidar os estudantes para participar das atividades desenvolvidas no Ateliê-Escola, durante o contraturno. Os ateliês acontecem entre 12h e 13h30 para 120 alunos do ensino fundamental nas dependências das unidades escolares e em parceria com o Programa Ampliar, da Secretaria Municipal de Educação. “O objetivo é iniciar as crianças no mundo da música por meio das brincadeiras populares, por isso escolhemos o Maracatu de Baque Virado”, explica Mônica Santos, educadora do Ateliê-Escola.

A iniciativa conta também com a parceria do Projeto Calo na Mão, que forneceu instrumentos musicais para as aulas. “Emprestamos 12 tambores e estamos construindo mais 12, menores e mais leves, especialmente para as crianças. Queremos acompanhar o desenvolvimento das atividades, e é também um pedacinho da gente nas escolas”, conta Luis Gustavo Silviano coordenador do Calo na Mão.

Confiram notícias sobre as apresentações publicadas nos blogs da EMEF Prof. Maria Lúcia dos Santos e EMEF Laerte Ramos de Carvalho.