Arquivo da categoria: Maracatu

Abertura do Jubileu da Eurofarma com maracatu do Ateliê Percussão

No dia 16 de abril, aconteceu a edição deste ano do Jubileu da Eurofarma. Esse grande evento homenageou 180 funcionários da Eurofarma que completaram 10, 15, 20 e 25 anos de trabalho na empresa. O Jubileu foi realizado no espaço de eventos Casa Petra, em São Paulo, e contou com 410 convidados, incluindo familiares dos homenageados. E sabe quem ficou responsável por fazer a abertura dessa cerimônia? O pessoal do Ateliê Percussão, do Matéria-Prima Itapevi.

Os 16 participantes cantaram e tocaram três loas de maracatu que foram criadas no ateliê pela educadora Simone Medeiros. Para essa apresentação, os meninos ganharam do Instituto Eurofarma um figurino novo: calça branca e camisa de chita (um tecido de algodão todo estampado), no mesmo modelo da saia que as meninas já usam para se apresentar. As crianças ficaram muito felizes e realizadas ao serem convidadas para participar desse evento!

Ateliê Percussão entra no ritmo do maracatu com muitas atividades

O Ateliê Percussão, do Matéria-Prima Itapevi, já começou o ano com muitas atividades diferentes! Para conhecer melhor as origens do maracatu, no dia 23 de março a educadora Simone Medeiros levou a criançada ao Museu Afro Brasil, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. Lá eles viram muitas coisas sobre a cultura afro-brasileira, desde a história dos negros trazidos da África até elementos das manifestações culturais, como vestimentas, instrumentos musicais e estandartes.

Já no dia 27 de março, a turma recebeu a visita de Ana Lúcia Silva, que é dançarina profissional há mais de 20 anos. Ela conduziu as crianças em uma oficina de dança do maracatu, mostrando os passos básicos e o ritmo. No dia seguinte, elas continuaram nesse ritmo com a Oficina de Maracatu do Projeto Calo na Mão, realizada na EE Professor Antonio Alves Cruz, em São Paulo. Foi uma tarde dedicada ao maracatu de baque virado, com danças e canto de loas (músicas do maracatu).

Ateliê-Escola leva arte às paredes das escolas e maracatu para as ruas

O Ateliê Arte para Todos e o Ateliê Som e Movimento levaram as artes plásticas e a música para dentro e fora das escolas!

Ao longo deste ano, as turmas do Ateliê Arte para Todos criaram produtos diferentes sob a orientação dos educadores Fúlvia Marchezi e Renato Izabella. Um deles foram os pôsteres lambe-lambe. Cada criança teve sua foto impressa em preto e branco e ampliada em um papel A3. Depois, foram convidadas a pintá-las da maneira que quisessem. O resultado final foi um grande mural em cada escola feito com a técnica do lambe-lambe, que usa cola diluída em água para grudar os pôsteres na parede. Cinco escolas foram decoradas com esses pôsteres: EE Professora Amélia Moncon Ramponi, EMEF Professora Maria Lúcia dos Santos, EMEF Alferes Tiradentes, EMEF Carlos de Andrade Rizzini e EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho.

Os participantes do ateliê na EE Professora Amélia Moncon Ramponi e na EMEF Dr. Antônio Carlos de Abreu Sodré fizeram máscaras usando argila e papel machê. Eles observaram todos os detalhes de seus rostos para fazer moldes de argila, que foram cobertos com papel machê e coloridos com tinta látex, para serem expostos nas paredes das escolas. A EMEF Professor Laerte Ramos Carvalho e a EE Professora Amélia Moncon Ramponi ganharam outra instalação artística: painéis de mosaico. As crianças conheceram as técnicas de divisão, enumeração e contagem das pecinhas de azulejo para montar os painéis de mosaico dos desenhos que escolheram.

 

E o Ateliê Som e Movimento apresentou para os participantes as origens os instrumentos e o ritmo do maracatu! A educadora Mônica Santos ensaiou diversos toques e toadas com as crianças da EMEF Alferes Tiradentes e da EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho. As duas escolas se juntaram para fazer uma apresentação pelas ruas no entorno da EMEF João Gualberto, e toda a comunidade pode assistir! A turma da EMEF Alferes Tiradentes também se apresentou no fechamento da Mostra Cultural da escola.

Apresentações do Matéria-Prima no Festival Eurofarma

Quatro unidades da Eurofarma em São Paulo e Itapevi conheceram um pouquinho do que aconteceu nos ateliês do Matéria-Prima São Paulo e Itapevi em 2014 durante o Festival Eurofarma. Realizado entre os dias 1º e 4 de dezembro, o evento contou com apresentações de quatro ateliês nos espaços das unidades Itapevi, Freguesia do Ó, Campo Belo e Interlagos e alegrou a rotina dos colaboradores!

O Ateliê Matéria-Prima Encena, do MP Itapevi, fez um happening – aquela intervenção artística cheia de expressões e movimentos – sobre medo e coragem. A apresentação, orientada pela educadora Renata Melo, foi feita para as crianças da creche da Eurofarma. Já o Ateliê Percussão, também do MP Itapevi, fez um lindo cortejo de maracatu nas praças das unidades, acompanhado pela educadora Simone Medeiros.

As apresentações do MPSP ficaram por conta do Ateliê Canto em Grupo e foram organizadas pelos educadores Daniel Reginato e Camila Queiroz. Um dos grupos cantou músicas de Dorival Caymmi e Tom Jobim que falam sobre a natureza, e que fazem parte do percurso “Canções da Mata ao Mar”. E as outras apresentações, com canto e percussão corporal, eram parte do percurso “Canto das Águas”, com músicas brasileiras sobre a importância da água.

Oficinas, gincanas, brinquedos e muita diversão no Dia das Crianças

As crianças do Matéria-Prima São Paulo e Itapevi celebraram o Dia das Crianças com muita alegria e diversão! Em Itapevi, a festa aconteceu em 11 de outubro. Depois do café da manhã, a criançada passou o dia em oficinas de desenho, arte e balangandã (um enfeite cheio de pecinhas penduradas). Elas também participaram de gincanas de atividades culturais e brincaram em um tobogã inflável. Todos cantaram e dançaram junto com a turma do Ateliê de Percussão, que fez uma apresentação de maracatu. Antes de voltar para casa, as crianças tomaram um café da tarde reforçado.

 

No Matéria-Prima São Paulo, a comemoração foi no dia 16 de outubro. Os pequenos não ficaram parados nenhum segundo: teve diversas oficinas, gincanas, cama elástica, sala de games e um escorregador gigante. O dia terminou com um delicioso café da tarde. Tanto as crianças de São Paulo quanto as de Itapevi ganharam uma lembrancinha: o jogo de tabuleiro Soletrando.

Ateliê Som e Movimento na Mostra Cultural da EMEF João Gualberto

No dia 13 de setembro, cerca de 25 participantes do Ateliê Som e Movimento do Ateliê-Escola fizeram uma apresentação na Mostra Cultural da EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho. O evento apresentou os projetos feitos pelos alunos no 1º semestre, com os temas convivência escolar, alimentação saudável, práticas esportivas e folclore.

Aproximadamente 250 pessoas participaram da Mostra, entre estudantes, pais e funcionários da escola. A educadora Mônica Santos e a equipe do Ateliê-Escola também estiveram por lá para auxiliar na apresentação de maracatu das crianças.