Arquivos do Blog

MP Itapevi começa as atividades de 2017 com Semana de Boas-vindas

A Semana de Boas-vindas deu início às atividades de 2017 no Matéria-Prima Itapevi! No dia 13 de fevereiro, as crianças foram recebidas por toda a equipe com um delicioso café da manhã e brincadeiras no pátio. A coordenação também conversou com os participantes sobre a programação da semana e apresentou os funcionários do MP Itapevi. Durante a semana, as crianças participaram de atividades de acolhimento nos ateliês:

– No Ateliê de Linguagem, os participantes conheceram a história e confeccionaram bonecas Abayomi (criadas por mulheres africanas que foram trazidas para o Brasil na época da escravidão). Além disso, eles reproduziram RGs com suas informações pessoais.

– Brincadeiras tradicionais (como bolinha de gude, pião e pular corda), e circuitos de jogos para movimentar o corpo agitaram o Ateliê de Jogos e Brincadeiras.

– Os grupos de crianças menores do Ateliê Arte para Todos fizeram desenhos livres. Já os participantes mais velhos criaram e montaram um quebra-cabeça.

– Os participantes do Ateliê Itapevi + Verde conheceram o que será realizado ao longo do ano e viram como funciona um minhocário.

– Além de ficar por dentro das atividades que serão feitas em 2017, as crianças do Ateliê de Canto conversaram sobre os acordos de convivência.

– Nos ateliês Matéria-Prima Encena e Matéria-Prima no Ar, os participantes fizeram uma atividade chamada “O que trago na bagagem”. A ideia foi registrar e compartilhar experiências que vivenciaram durante as férias.

– Por meio de uma dinâmica, as crianças do Ateliê de Percussão conheceram cada etapa das atividades do ateliê ao longo do ano.

– O Ateliê Era Uma Vez… começou o ano com a contação de duas histórias: “O pastor que não crescia nunca” e “Salsinha”.

Ateliê-Escola: saiba como foram os encerramentos em cada ateliê

O Ateliê-Escola encerrou as atividades de 2016 com uma série de atividades e apresentações que envolveram os participantes dos ateliês, pais e comunidade escolar. Confira o que foi realizado ao longo de novembro e no início de dezembro!

As crianças do Ateliê Arte para Todos decoraram bancos da EE Professora Amélia Moncon Ramponi e muretas, corrimões e armários da EMEF Alferes Tiradentes com mosaicos coloridos. O 1º ano da EMEF Carlos de Andrade Rizzini desenhou retratos inspirados nas pinturas de Amadeo Modigliani, que foram colocados em uma placa de MDF e instalados em uma parede da escola. E a turma da EMEF Professora Maria Lucia dos Santos finalizou sua colcha de retratos, que será instalada na escola.

O encerramento do Ateliê Canto em Grupo foi marcado por diversas apresentações! Algumas delas aconteceram durante as Mostras Culturais da EE Amélia Moncon e das EMEFs Carlos Rizzini, Doutor Antônio Carlos de Abreu Sodré e Professor Laerte Ramos de Carvalho. Já as crianças das EMEFs Alferes Tiradentes e João Gualberto do Amaral Carvalho, além de outras turmas da EE Amélia Moncon e da EMEF Carlos Rizzini, se apresentaram em suas escolas para pais, alunos e funcionários.

Nas EMEFs Alferes Tiradentes e Carlos Rizzini e na EE Amélia Moncon, as turmas do Ateliê Jogos e Brincadeiras se juntaram para um dia de muita diversão, com várias brincadeiras regionais aprendidas no ateliê durante o semestre.

O Ateliê Era Uma Vez… organizou o lançamento e a entrega dos livros elaborados pelos participantes ao longo do semestre. As crianças da EMEF Maria Lucia dos Santos e da EE Amélia Moncon fizeram textos e ilustrações para recontar do seu próprio jeito as histórias que conheceram no ateliê.

As turmas do Viveiro Escola na EMEF Alferes Tiradentes foram presenteadas com vasinhos de mudas e participaram de brincadeiras no espaço do viveiro. Na EMEFM Professor Linneu Prestes, as crianças prepararam vitaminas deliciosas misturando frutas e ervas e hortaliças colhidas no viveiro: menta, couve, malva-cheirosa, malvavisco, hortelã, flor-de-cosmo, erva-doce, folha de pitanga e capim-limão.

Uma grande roda de capoeira foi realizada na Mostra Cultural da EMEF Laerte Ramos para finalizar as atividades do Ateliê Som e Movimento – Capoeira. Cada turma da EE Amélia Moncon também organizou uma roda para jogar capoeira.

O Festival de Animação do Ateliê Digital agitou a criançada da EE Amélia Moncon e das EMEFs João Gualberto e Antônio Carlos Sodré! Desta vez, os filmes em stop motion de cada escola foram exibidos em outra escola para que os alunos escolhessem o vencedor do Festival. As turmas premiadas receberam medalhas e um troféu. Além disso, os filmes feitos pelos participantes da EMEF Laerte Ramos no primeiro semestre e pelas crianças da EE Amélia Moncon neste semestre foram exibidos nas Mostras Culturais das escolas. Confira duas das produções deste ano:

Uma Festa Junina feita por todo mundo do Matéria-Prima Itapevi

O último dia do semestre no Matéria-Prima Itapevi foi marcado pela tradicional Festa Junina – que neste ano foi Julina, já que aconteceu no dia 1º de julho. A festa é organizada pelo MP Itapevi, mas conta com as ideias e a ajuda de toda a garotada! A coordenação conversou com as crianças para decidir em conjunto o que ia ter na festa e quais seriam as músicas que iriam tocar. Um dia antes da festa, todos ajudaram a decorar a sede com bandeirinhas, balões e outros enfeites juninos.

Além disso, a turma A do Ateliê de Linguagem fez vários cartazes para decorar os ambientes e se preparou durante todo o mês de junho, estudando receitas, músicas e outros elementos típicos de Festa Junina. Eles também prepararam uma receita de pé-de-moça para servir na festa. O dia da festa foi de muita diversão! Teve brincadeiras de pescaria, boca do palhaço e argolas, quadrilha, fogueira e músicas regionais ao vivo, com a apresentação do trio O Barba e as Nega. O repertório escolhido pelas crianças, formado por músicas sertanejas, também animou o evento.

O cardápio do dia foi repleto de comidas típicas, como canjica com amendoim, milho cozido, curau, pipoca, paçoca, pé-de-moleque, doce de abóbora e muito mais! A criançada ainda ajudou a eleger a Miss e o Mister Caipirinha, que capricharam nas roupas caipiras. A festa foi encerrada com uma apresentação do Bloco MPI, formado pelos participantes do Ateliê de Percussão, e com a entrega de kits com lembrancinhas para todo mundo.

Final de semestre com torta na cara e contação de histórias

No Ateliê-Escola, os Ateliês Jogos e Brincadeiras e Era Uma Vez… prepararam atividades especiais para encerrar o semestre! As crianças do Ateliê Jogos e Brincadeiras participaram de um campeonato muito divertido de perguntas e respostas, no estilo “torta na cara”. Os pequenos foram divididos em equipes e se revezaram para responder perguntas feitas pela educadora Luana Batista, envolvendo temas das atividades feitas durante o semestre.

O primeiro a bater na campainha tinha que responder a pergunta. Se acertasse, dava uma “tortada” de chantili no rosto do adversário. E se errasse, era ele quem ficava com a cara toda melecada! As três equipes que acertaram mais perguntas ganharam medalhas de ouro, prata e bronze, e a vencedora também recebeu um troféu. O campeonato foi realizado nos dias 27, 28 e 30 de junho nas EMEFs Doutor Antônio Carlos de Abreu Sodré, Alferes Tiradentes, Professora Maria Lucia dos Santos e na EE Professora Amélia Moncon Ramponi.

Já o pessoal do Ateliê Era Uma Vez… escolheu a história que mais gostou de conhecer durante o semestre para contá-la a outras turmas da escola. Foram selecionados os contos populares “Três desejos”, “Maria Angula” e “Rei cabeça de galinha”. Além disso, as crianças mostraram para os colegas os cadernos que fizeram com ilustrações dos contos apresentados pelo educador Márcio Maracajá no Ateliê. As apresentações aconteceram em 28 e 30 de junho nas EMEFs João Gualberto do Amaral Carvalho, Alferes Tiradentes e Professor Laerte Ramos de Carvalho.

Novos desafios aos pequenos veteranos do Ateliê-Escola

O Ateliê-Escola recebe novas turmas a cada ano. Mas neste ano, as educadoras Camila Nascimento e Luana Batista têm uma novidade: duas turmas que fizeram parte dos Ateliês Canto em Grupo e Jogos e Brincadeiras em 2015 estão participando novamente! Nós conversamos com as duas educadoras para saber como estão sendo as atividades com os pequenos veteranos do Ateliê-Escola.

No ano passado, o pessoal do 3º ano da EE Professora Amélia Moncon Ramponi exercitou a afinação e a coordenação motora no Ateliê Canto em Grupo. “Como era a primeira experiência deles com música, eles fizeram exercícios com os pés e as mãos e conheceram o que são timbres, palmas graves e agudas, afinação, manossolfa, que é uma técnica de escala musical com movimentos, entre outros”, explica Camila. O repertório era composto por canções simples da música popular brasileira, para que as crianças aprendessem melhor as melodias.

Agora que a garotada está no 4º ano, a dificuldade das músicas aumentou! Tem canções com dissonância (quando as notas não seguem um padrão na escala musical), duas vozes, mais quebras rítmicas… Também há brincadeiras com bolas e baquetas para praticar marcação de tempo e divisões rítmicas. O objetivo é que as crianças ampliem a percepção musical e as sonoridades que conhecem. Camila disse que os participantes estão na maior empolgação e que lembram direitinho do que aprenderam no ano passado. “Você vê que a música realmente entrou dentro deles. E eles já entram na sala com postura de músicos, sem fazer bagunça, ficam com a coluna reta para não machucar o diafragma, está muito bacana”, diz a educadora.

O caso do Ateliê Jogos e Brincadeiras é um pouco diferente. As crianças do 2º ano da EMEF Maria Lucia dos Santos que participaram em 2015, quando estavam no 1º ano, se juntaram a outras que não conheciam o Ateliê. Então Luana decidiu retomar algumas atividades feitas no ano passado e também incluir outras com uma dificuldade maior. O mais legal é que aqueles que já tinham feito as brincadeiras passaram a ajudar os colegas. “Eles acabaram se tornando líderes no grupo”, conta a educadora. “O fantástico é acompanhar o crescimento deles. Havia crianças que não conseguiam identificar uma forma geométrica, por exemplo. Hoje elas já conseguem e ainda tomam a iniciativa de ajudar a turma.”

Além de formas geométricas, reciclagem, partes do corpo humano e assuntos de matemática e português, que já estavam presentes nas brincadeiras, os professores pediram para incluir a questão do mosquito Aedes aegypti, que transmite os vírus da dengue, chikungunya e zika. Para isso, os pequenos fizeram a brincadeira “Caça ao mosquito da dengue”. As turmas foram divididas em equipes e saíram pela escola em busca de locais onde o mosquito poderia colocar seus ovos. Cada vez que uma equipe encontrava um local e sugeria as mudanças que deveriam ser feitas, ganhava um ponto.

Dia de festa para comemorar o Dia das Crianças no MP Itapevi

O Matéria-Prima Itapevi organizou uma grande festa no dia 15 de outubro para comemorar o Dia das Crianças! Todo mundo do MP Itapevi participou, com um total de 117 crianças. O dia foi repleto de brincadeiras e atividades, como oficinas de desenho, artes e gincanas culturais. A meninada também se divertiu com jogos de videogame que funcionam com os movimentos dos jogadores.

A comemoração contou ainda com apresentações de maracatu do Ateliê Percussão e do espetáculo “Charanga Bubiô, Dançô”, com músicos e palhaços que misturam ritmos populares com muitas piadas e brincadeiras. O espetáculo faz parte do festival de humor Risadaria, patrocinado pela Eurofarma.

E não poderiam faltar comidas gostosas para completar o dia! Além de refeições deliciosas, cada criança ganhou um saquinho cheio de doces e uma bandeja com beijinhos e brigadeiros. Parabéns à garotada pelo seu dia!