Arquivos do Blog

Dos ateliês do MP Itapevi para pais, comunidade e escolas da cidade

Os ateliês do Matéria-Prima Itapevi encerraram 2017 com projetos e atividades incríveis, finalizados e realizados entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro. E grande parte dos encerramentos não envolveu apenas o pessoal do MP Itapevi: pais, comunidade e escolas do município foram presenteados com apresentações, instalações artísticas, doações de mudas e brinquedos e jogos feitos pelas próprias crianças! Veja só o que rolou em cada ateliê:

Ateliê Arte para Todos: Os grupos da educadora Fúlvia Marchezi pintaram pratos com o tema “O que é que tem de almoço?” e os instalaram no refeitório do MP Itapevi. Eles também confeccionaram bonecos de pano, que foram doados para o CEMEB Vereador Doutor Paulo Ianaconi. Já a turma da educadora Roberta Fortunato deu uma cara nova para um dos muros da EE Paulo de Abreu, com desenhos de plantas e animais presentes em jardins.

Ateliê Canto em Grupo: Os CEMEBs Maestro Gilberto de Pinho, Floriza Nunes de Camargo e Dona Maria Michelotti receberam uma aula-show da garotada do ateliê, com brincadeiras musicais e uma apresentação com o tema “O terno da MPB: 75 anos de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento”. A turma também se apresentou nos dias 4 e 5 de dezembro em duas unidades da Eurofarma durante o Festival da Eurofarma.

Ateliê de Linguagem: Três produções marcaram o encerramento do ateliê: um repertório de histórias sobre medo e coragem, um scrapbook mostrando os principais acontecimentos em Itapevi neste ano e um baú com jogos de cartas e tabuleiro elaborados pelas crianças. A turma presenteou o CEMEB Professor Paulo Mariano de Arruda com o baú de jogos.

Ateliê Matéria-Prima Encena: A garotada encenou uma versão da peça “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, para pais, funcionários e participantes do MP Itapevi e para as crianças da creche da unidade da Eurofarma em Itapevi.

Ateliê Matéria-Prima no Ar: Para relembrar todas as produções de texto, entrevistas e saídas pedagógicas feitas durante este ano, a turma fez um vídeo contando tudo o que aconteceu.

Ateliê Era Uma Vez…: O pessoal do ateliê realizou contações de histórias adaptadas do livro “Fábulas Italianas”, de Ítalo Calvino, no CEMEB Professor Paulo Mariano de Arruda e no MP Itapevi. Também foi organizada uma oficina de pizza com os pais e um varal de histórias no lado externo do MP Itapevi, para que qualquer pessoa pudesse levar um exemplar para casa.

Ateliê de Jogos e Brincadeiras: Um divertido circuito com brincadeiras aprendidas ao longo do semestre encerrou as atividades do ateliê!

Ateliê Som e Movimento – Dança: A turma fez uma apresentação animada de coco de roda no MP Itapevi com músicas de Selma do Coco, Renata Rosa e Coco Raízes de Arcoverde.

Ateliê Itapevi + Verde: As crianças realizaram uma doação de mudas para os alunos da EE Paulo de Abreu que também participam do ateliê, para pais e familiares e para moradores da comunidade.

Anúncios

Exposição dos monstros no MP Itapevi tem convidado especial

O Ateliê Arte na Cidade organizou uma exposição no Matéria-Prima Itapevi com as esculturas de monstros feitas pelos participantes. As esculturas foram instaladas em diferentes espaços do MP Itapevi, deixando o ambiente ainda mais colorido e divertido! A exposição foi visitada pelos familiares das crianças e por um convidado especial: o artista plástico, educador e museólogo Paulo Portella Filho. Ele criou e coordenou por 17 anos o Serviço Educativo do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e auxiliou na curadoria da exposição “Volpi: pequenos formatos”, que está em cartaz no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

A educadora Roberta Fortunato e as crianças receberam os visitantes nos dias 21, 22 e 24 de junho e os guiaram pela sede do MP Itapevi. Eles apresentaram as mais de 30 esculturas e explicaram as características de cada monstro. As esculturas foram expostas como verdadeiras obras de arte, com plaquinhas informando o nome e os atributos fantásticos dos monstros, qual foi o material usado para fazer a escultura e o grupo que a criou.

No final do percurso, os visitantes foram convidados a tomar um lanche com os participantes do Ateliê e assistir a um vídeo com fotos dos momentos em que os pequenos estavam fazendo seus monstros. As esculturas ficarão com as próprias crianças, que poderão levá-las para casa. Foi uma maneira sensacional de encerrar o semestre!