Arquivos do Blog

No MP Itapevi, crianças participam da gestão de resíduos e distribuem adubo na comunidade

O Matéria-Prima Itapevi passou a contar neste ano com seis composteiras instaladas pelo Ateliê Itapevi + Verde. Além de fazer parte das atividades do ateliê, a iniciativa está envolvendo as cozinheiras e estagiárias do MP Itapevi e até mesmo moradores da comunidade.

As crianças do ateliê ajudaram na montagem das composteiras no início do ano, soltando as minhocas e colocando resíduos orgânicos. Elas também fizeram plaquinhas para instalar na cozinha do MP Itapevi explicando o que pode e o que não pode colocar nas composteiras, já que são as cozinheiras que separam diariamente os resíduos que vão para lá. No dia a dia, a turma do ateliê e as estagiárias do MP Itapevi se revezam para cuidar do minhocário.

Essa parceria gerou uma diminuição no lixo produzido na cozinha, já que cerca de 5 litros de resíduos são separados por dia para as composteiras.

O húmus e o biofertilizante produzidos na compostagem estão sendo utilizados como adubos nos espaços verdes do MP Itapevi. No final do primeiro semestre, as crianças também distribuíram mudas e saquinhos de húmus para suas famílias e moradores do entorno que possuem jardins. Uma nova distribuição será realizada no final do semestre para as famílias dos participantes do ateliê e dos alunos da EE Paulo de Abreu que realizam atividades com o Ateliê Itapevi + Verde.

Matemática no dia a dia: crianças do Ateliê de Linguagem aprendem economia doméstica

Um projeto do Ateliê de Linguagem, do Matéria-Prima Itapevi, está ensinando as crianças sobre economia doméstica como uma forma de exercitar problemas de matemática com situações do dia a dia. O mais legal é que o pessoal da Turma C, que está realizando o projeto com a educadora Catiusca Borges, não apenas está criando e resolvendo problemas matemáticos, mas também está aprendendo conceitos de planejamento financeiro e levando isso para suas famílias.

Para começar, os participantes se dividiram em grupos e criaram famílias fictícias, pensando em todos os detalhes: quantas pessoas integram a família, quais as profissões, qual o salário de cada um, quais os gastos que eles têm por mês… Catiusca deu liberdade para as crianças escolherem o que quiserem – teve até um grupo que imaginou uma república de estudantes. Essa etapa envolveu muita pesquisa sobre profissões, salários, valores de contas de serviços como água, luz e telefone, entre outros. Os grupos ainda irão visitar o comércio local para pesquisar preços de bens de consumo no bairro.

Agora, a turma está elaborando planilhas financeiras no programa Excel para as famílias e calculando dados como renda familiar, quanto ela pode gastar por mês e quanto pode economizar. Em meio às atividades, eles também estão pensando em situações do dia a dia para criar e resolver problemas matemáticos com as quatro operações básicas, porcentagens, unidades de medida, decimais e outros conceitos. Esses problemas serão reunidos no final do ano para criar um jogo de cartas, que ficará disponível no MP Itapevi para todo mundo brincar.

Além de dar um sentido maior para os conceitos matemáticos por meio da relação com o cotidiano das crianças, Catiusca conta que o projeto está promovendo discussões bem interessantes entre a turma sobre planejamento financeiro e consumo consciente, fazendo com que eles reflitam mais sobre o valor das coisas que consomem.

Encontros para reunir pais, responsáveis e familiares no MP Itapevi

O Matéria-Prima Itapevi tem um sábado reservado a cada mês para um encontro com os pais, responsáveis e familiares das crianças participantes. Os encontros de pais começam com um café da manhã e uma conversa com a coordenação. Em seguida, um dos educadores apresenta o ateliê pelo qual é responsável e realiza uma dinâmica com os participantes. É uma forma de integrá-los às atividades do MP Itapevi e mostrar um pouquinho do que acontece nos ateliês. Cerca de 60 pais, responsáveis e familiares participaram de seis encontros no primeiro semestre deste ano. Veja como foram!

1º encontro: Em fevereiro houve dois encontros de pais. O primeiro aconteceu no dia 13 e foi conduzido pela coordenação do MP Itapevi. A equipe falou sobre os ateliês e as atividades que serão realizadas ao longo do ano, além de apresentar os educadores e a equipe do MP Itapevi.

2º encontro: No dia 27 de fevereiro, a educadora Simone Medeiros, do Ateliê de Percussão, explicou cada instrumento utilizado pelo Bloco MPI no Ateliê. Ela também fez uma oficina em que os pais, responsáveis e familiares tocaram uma música usando o corpo como instrumento, batendo as mãos e os pés.

3º encontro: O encontro seguinte aconteceu em 26 de março e contou com dois educadores. Edson Santos, do Ateliê de Capoeira, mostrou movimentos e instrumentos tocados na roda de capoeira e convidou alguns participantes para fazer os movimentos junto com ele. Roberta Fortunato se apresentou como a nova educadora do Ateliê Arte na Cidade e compartilhou os trabalhos que as crianças tinham feito até o momento.

4º encontro: As educadoras Catiusca Borges, Maria Lúcia Vidal e Renata Melo organizaram uma atividade do Ateliê de Linguagem com os pais, responsáveis e familiares no dia 30 de abril. Eles escreveram uma nova versão da fábula “O leão e o ratinho” e compartilharam com o grupo. Catiusca, Maria Lúcia e Renata também deram sugestões de coisas que a família pode fazer em casa para ajudar as crianças a melhorar a leitura e a escrita.

5º encontro: O Ateliê Canto em Grupo foi o tema do 5º encontro, realizado em 21 de maio. O educador Daniel Reginato conduziu jogos musicais e uma brincadeira de mímica e imitação. Depois ele ensinou a música “Maracangalha”, de Dorival Caymmi, para que todos os participantes cantassem em coro.

6º encontro: No último encontro do semestre, em 25 de junho, a educadora Renata Melo e os participantes do Ateliê Matéria-Prima Encena realizaram a primeira etapa da oficina de bonecos de materiais recicláveis junto com os pais, responsáveis e familiares. Eles vão terminar de construir seus bonecos no próximo encontro de pais, que acontece em agosto.