Arquivos do Blog

Encerramentos no Ateliê-Escola com teatro, trocas de mudas e campeonatos

As atividades do Ateliê-Escola de 2014 chegaram ao fim! E os participantes encerraram o ano com apresentações, instalações e brincadeiras muito bacanas. Veja só o que aconteceu em alguns dos ateliês.

As crianças do Ateliê Era Uma Vez… na EMEF Carlos Andrade Rizzini e na EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho conheceram os elementos da narrativa – herói, anti-herói, narrador, vilão, cenário, objeto mágico, entre outros – por meio de cinco histórias. O educador Márcio Maracajá também realizou exercícios teatrais com as turmas sobre essas histórias, nos quais elas puderam recriar os enredos. No final, os participantes prepararam uma apresentação teatral de uma história que eles mesmos criaram e convidaram outras turmas da escola para assistir.

 

Depois de conhecer técnicas para a plantação de mudas e revitalização dos canteiros, os participantes do Viveiro Escola organizaram Feiras de Troca de Mudas! Na EMEF Alferes Tiradentes, dava para trocar sementes por adubo, mudas por um passeio no viveiro e assim por diante. Quatro turmas convidadas e funcionários da escola também participaram dessa Feira, que teve a orientação do educador Bruno Helvécio. Já na EMEFM Professor Linneu Prestes havia vários cantinhos oferecendo coisas diferentes para trocar, como chás, plantio de mudas, salada de frutas e até curiosidades. O educador Pedro Massella foi quem orientou as turmas dessa escola.

 

No Ateliê Jogos e Brincadeiras, as turmas da EMEF Dr. Carlos de Abreu Sodré, da EE Professora Amélia Moncon Ramponi, da EMEF Alferes Tiradentes e da EMEF Maria Lúcia dos Santos criaram acordos de cooperação para todo mundo ter uma boa convivência durante os ateliês e conheceram jogos e brincadeiras bem divertidos: Corrida das Linhas, bolinha de gude, Formação Geométrica, Caçando Reciclagem, Verdade ou Mentira e Corrida de Pô. Para saber se a criançada ficou por dentro de cada um deles, a educadora Luana Batista organizou campeonatos em forma de quiz. As equipes vencedoras ganharam medalhas – e quem errasse as perguntas levava uma torta na cara!

Crianças contam histórias do bairro e da escola no Ateliê Digital

Neste semestre, as crianças do Ateliê Digital se engajaram na produção de um acervo virtual de histórias do bairro e da escola.

Elas pesquisaram a história do bairro onde vivem e das escolas em que estudam. Depois, produziram pequenos vídeos em que crianças e adultos contam essas histórias. Muita gente participou do processo: professores, diretores, equipes gestoras e, claro, as próprias crianças!

Todos os vídeos serão publicados em um blog que está sendo elaborado pela equipe do Ateliê Digital.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Muita história para contar na 1ª Mostra Multimídia do Ateliê Digital

No dia 24 de outubro, no pátio da escola, cerca de 900 alunos do Ensino Fundamental da  EMEF João Gualberto Amaral Carvalho puderam assistir a uma mostra de vídeos de Histórias de Vida, organizada por 10 turmas de 5 escolas da zona sul que participam do Ateliê Digital do Ateliê-Escola do Instituto Eurofarma.

Muitas curiosidades e divertidos relatos projetados em um grande telão para os pequenos telespectadores.

Acesse os vídeos aqui.

2

Mais de 3000 acessos no blog “Guardo na Memória – Acervo de Histórias de Vida”

Desde o início do 1º semestre deste ano, 10 turmas do Ateliê Digital (alunos das escolas E.E. Professora Amélia Moncon Ramponi, E.M.E.F. Alferes Tiradentes, E.M.E.F. João Gualberto A. Carvalho,  E.M.E.F. Professor Linneu Prestes e E.M.E.F. Carlos de Andrade Rizinni) estão elaborando um acervo virtual sobre histórias de vida. Coordenados pelos educadores Renata Melo e Lucca Cardoso, os jovens estão aprendendo a construir blogs, captar imagens de vídeo, usar internet e fazer upload de textos e imagens.

150 vídeos estão disponíveis no blog guardonamemoria.wordpress.com, que já soma mais de 3.000 acessos!

Todo trabalho resultará em uma mostra audiovisual nas escolas, prevista para o encerramento das atividades do 2º semestre.

Vamos nos surpreender com mais histórias de vida!

Acervo de histórias de vida

Este ano alunos das 10 turmas participantes do Ateliê Digital estão criando um acervo de histórias de vida.

Os estudantes convidaram outros alunos, professores e funcionários das escolas para contar histórias de infância. Mais de 60 histórias já foram gravadas!

Segundo Adriana Tadeu Magalhães, diretora da EMEF Alferes Tiradentes, os convites feitos aos funcionários e professores agitaram a escola: “Estou nervosa para a gravação, preciso contar uma história muito bacana para as crianças”.

Confira uma delas, contada pela professora Renilda Durães Viana da EMEF Carlos de Andrade Rizzini.

Encontro de Gerações

Há 53 anos o Sr. Benedito parou a bicicleta perto de um grupo de amigas, onde se encontrava uma moça de vestido rodado e um laço nos cabelos. Com poucas palavras e firmeza na voz, mesmo tremendo por dentro, disse:
– Um dia vou me casar com a Senhorita.

Quatro anos mais tarde, a moça reencontrou o rapaz num baile e os dois começaram a namorar. Um tempo depois se casaram, tiveram dois filhos e agora o casal já tem netos e bisnetos . E vocês pensam que eles pararam de dançar? De jeito nenhum!  No último dia 22, foram contar para a galerinha do Ateliê Som e Movimento as histórias de quando eram jovens e aproveitaram para mostrar como se dança bolero.

Durante o mês de setembro foram realizados quatro Encontros de Gerações. Os 12 convidados, todos com mais de 70 anos, moradores da região de Interlagos, contaram  histórias sobre como brincavam as crianças nas décadas de 40 e 50, como era a relação entre pais e filhos,  como se vestiam,  sobre as dificuldades de frequentar uma escola e ter que parar de estudar logo após aprender a ler para trabalhar e ajudar a família. Também responderam às curiosidades dos jovens. Eles disseram ter ficado emocionados com a viagem que fizeram ao passado e, principalmente,  ao perceber o interesse das crianças em ouvi-los. Após o bate-papo foram ensinados alguns passos de dança e os encontros terminaram com ritmo, antecipando o Grande Baile de Gerações programado para o final de ano.