Arquivos do Blog

Dos ateliês do MP Itapevi para pais, comunidade e escolas da cidade

Os ateliês do Matéria-Prima Itapevi encerraram 2017 com projetos e atividades incríveis, finalizados e realizados entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro. E grande parte dos encerramentos não envolveu apenas o pessoal do MP Itapevi: pais, comunidade e escolas do município foram presenteados com apresentações, instalações artísticas, doações de mudas e brinquedos e jogos feitos pelas próprias crianças! Veja só o que rolou em cada ateliê:

Ateliê Arte para Todos: Os grupos da educadora Fúlvia Marchezi pintaram pratos com o tema “O que é que tem de almoço?” e os instalaram no refeitório do MP Itapevi. Eles também confeccionaram bonecos de pano, que foram doados para o CEMEB Vereador Doutor Paulo Ianaconi. Já a turma da educadora Roberta Fortunato deu uma cara nova para um dos muros da EE Paulo de Abreu, com desenhos de plantas e animais presentes em jardins.

Ateliê Canto em Grupo: Os CEMEBs Maestro Gilberto de Pinho, Floriza Nunes de Camargo e Dona Maria Michelotti receberam uma aula-show da garotada do ateliê, com brincadeiras musicais e uma apresentação com o tema “O terno da MPB: 75 anos de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento”. A turma também se apresentou nos dias 4 e 5 de dezembro em duas unidades da Eurofarma durante o Festival da Eurofarma.

Ateliê de Linguagem: Três produções marcaram o encerramento do ateliê: um repertório de histórias sobre medo e coragem, um scrapbook mostrando os principais acontecimentos em Itapevi neste ano e um baú com jogos de cartas e tabuleiro elaborados pelas crianças. A turma presenteou o CEMEB Professor Paulo Mariano de Arruda com o baú de jogos.

Ateliê Matéria-Prima Encena: A garotada encenou uma versão da peça “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, para pais, funcionários e participantes do MP Itapevi e para as crianças da creche da unidade da Eurofarma em Itapevi.

Ateliê Matéria-Prima no Ar: Para relembrar todas as produções de texto, entrevistas e saídas pedagógicas feitas durante este ano, a turma fez um vídeo contando tudo o que aconteceu.

Ateliê Era Uma Vez…: O pessoal do ateliê realizou contações de histórias adaptadas do livro “Fábulas Italianas”, de Ítalo Calvino, no CEMEB Professor Paulo Mariano de Arruda e no MP Itapevi. Também foi organizada uma oficina de pizza com os pais e um varal de histórias no lado externo do MP Itapevi, para que qualquer pessoa pudesse levar um exemplar para casa.

Ateliê de Jogos e Brincadeiras: Um divertido circuito com brincadeiras aprendidas ao longo do semestre encerrou as atividades do ateliê!

Ateliê Som e Movimento – Dança: A turma fez uma apresentação animada de coco de roda no MP Itapevi com músicas de Selma do Coco, Renata Rosa e Coco Raízes de Arcoverde.

Ateliê Itapevi + Verde: As crianças realizaram uma doação de mudas para os alunos da EE Paulo de Abreu que também participam do ateliê, para pais e familiares e para moradores da comunidade.

Anúncios

Uma formação de brincadeira!

Mais uma vez, o Instituto Eurofarma está oferecendo uma formação para professores das redes públicas de Itapevi e São Paulo. O objetivo é compartilhar com professores e professoras as estratégias e recursos de ensino utilizados em dois projetos do Instituto, o Matéria-Prima Itapevi e o Ateliê-Escola. Neste ano, a formação é sobre o brincar na escola e está sendo conduzida por Biba Rigo, educadora do Ateliê-Escola.

A formação foi dividida em quatro encontros – em Itapevi, eles começaram no dia 19 de outubro, com a presença da secretária municipal de Educação, Virgínia Soares de Oliveira. O objetivo foi conversar com as professoras sobre a importância das brincadeiras livres na escola e sua relação com a valorização da infância. A cada encontro, Biba apresenta um repertório de brincadeiras e construção de brinquedos e convida as professoras a brincarem junto.

Para a professora Daniela Santos, do CEMEB Rui Barbosa, as brincadeiras realizadas na formação estão fazendo com que as professoras se lembrem do quão prazeroso é brincar. “Infelizmente, no Infantil, muitos professores estão tendo um olhar excessivamente alfabetizador e acabam se esquecendo das brincadeiras”, diz. “O que a gente está percebendo é que os professores estão focados em passar muitos conteúdos para as crianças pequenas. Então a gente está tentando mudar isso, e essas discussões são muito ricas”, acrescenta Edna Duraes de Santana, supervisora de Ensino da Secretaria Municipal de Educação de Itapevi.

A formação em São Paulo acontecerá ao longo do mês de novembro.

Formação sobre música na escola para professores de Itapevi

Cerca de 180 professores da rede pública de Itapevi participaram de uma formação promovida pelo Matéria-Prima Itapevi em parceria com a Secretaria Municipal de Educação nos dias 2, 9 e 15 de junho. Pelo segundo ano, o tema da formação foi “Música na escola – um coro em cada escola”. Monitores e professores de artes, da Educação Infantil, do Berçário e de Atendimento Educacional Especializado (AEE) conheceram elementos da música, atividades que podem ser realizadas em sala de aula e um pequeno repertório de canções para começar as atividades.

O objetivo da formação foi oferecer elementos básicos para que os professores iniciem ou aperfeiçoem coros nas escolas. Quem deu as formações foi o maestro Vanderlei Banci, que é regente da Orquestra da Vila e gerente técnico da Divisão de Artes da Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos (SP). Este é o sétimo ano em que o MP Itapevi promove formações para professores do município.

Formação sobre contação de histórias para professores de Itapevi

Cerca de 85 professores e coordenadores pedagógicos de Educação Infantil da rede pública de Itapevi participaram de uma formação dedicada à contação de histórias! Foi a segunda formação de professores do ano realizada pelo Matéria-Prima Itapevi em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME) – veja como foi a primeira aqui. Os encontros foram realizados na SME nos dias 7, 18 e 21 de agosto.

A responsável pela formação foi a contadora de histórias e escritora Kiara Terra. Ela conversou com os educadores sobre o tema “História Aberta – Estratégias para Explorar os Elementos da Narrativa”, mostrando como é possível contar histórias de maneira interativa, com a participação das crianças.

Os professores conheceram formas de explorar os elementos da narrativa, como escolher e adaptar histórias e como lidar com temas mais difíceis de tratar com as crianças. Para tornar a contação um momento de interação, eles também viram maneiras de acolher as perguntas dos alunos e conduzir a história e como os objetos podem ser utilizados e ganhar diferentes significados na apresentação.

Música é o tema da formação de professores em Itapevi

Durante o mês de junho, mais uma formação de professores da rede pública de Itapevi foi realizada pelo Matéria-Prima Itapevi em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME). Os três encontros aconteceram na SME nos dias 12, 18 e 25, reunindo 115 professores de artes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

O tema desta formação foi “Música na Escola – Um Coro em Cada Escola”. Os participantes conheceram elementos da música, atividades que podem ser feitas em sala e um pequeno repertório para as primeiras aulas.

É um assunto muito importante, já que existe até uma lei que obriga o ensino de música nas escolas. Organizar um coro pode ser um bom caminho para isso! Quem conduziu os encontros foi o maestro Vanderlei Banci, que coordena a área técnica da Escola de Música do Auditório Ibirapuera e é chefe de divisão da área técnica de Artes da Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos (SP).

Jovens do Matéria-Prima 2ª Geração na Feira Guia do Estudante

A escolha de uma profissão é um momento muito importante na vida dos jovens, e é bastante comum que eles fiquem indecisos entre tantas opções. O pessoal do Matéria-Prima 2ª Geração de Itapevi e São Paulo foi conhecer um pouco desse imenso mundo das profissões na Feira Guia do Estudante. É um evento realizado desde 2006 que reúne estandes, palestras, atividades, simulados e testes vocacionais para ajudar os jovens a fazerem sua escolha profissional.

As turmas se encontraram na feira no dia 29 de agosto e se dividiram em pequenos grupos para conferir tudo com tranquilidade. Os adolescentes visitaram estandes de faculdades, se informaram sobre cursos e vestibulares e participaram de jogos e simulados. Também viram exemplos práticos do que é ensinado em alguns cursos, como uma demonstração de robótica, customização de roupas, massagens, preparo de pratos gastronômicos e simulações de procedimentos médicos.

Além disso, tiveram contato com profissionais de diferentes áreas durante as palestras que aconteceram no evento. No final, trocaram muitas informações sobre o que viram por lá e saíram bastante estimulados a conhecer ainda mais sobre as profissões, para ter mais chances de fazer a escolha certa.