Arquivos do Blog

Ateliê de Linguagem tem troca-troca de livros e recados

Um troca-troca de livros está agitando as turmas do Ateliê de Linguagem, do Matéria-Prima Itapevi! Neste mês começou um novo projeto no Ateliê, chamado “Eu te levo, você me leva”. Toda semana, duas crianças de cada turma (são seis turmas no total) levam um livro para casa, emprestado do acervo do MP Itapevi ou das educadoras Catiusca Borges, Maria Lúcia Vidal e Renata Melo. Além de ler durante a semana, os participantes também têm que escrever uma mensagem em uma sacolinha personalizada que acompanha o livro.

Pode ser o trecho que mais gostou, o que achou da história ou o que vier à imaginação e que esteja relacionado com o livro. A ideia é que a sacolinha registre os recados de todo mundo sobre a história que leu. “Já na primeira semana todos queriam levar o livro para casa”, conta Catiusca, que criou o projeto. “O objetivo não é apenas ler, é compartilhar experiências, trocar mensagens com os colegas, ver as impressões que eles tiveram do livro”, explica. Dentre os livros que fazem parte da troca estão “Um caldeirão de poemas”, de Tatiana Belinky, “Heróis e guerreiras”, de Heloisa Prieto, e “Kachtanka”, de Anton Tchekhov.

Com isso, as educadoras pretendem incentivar as crianças a ler mais e a se interessar em emprestar os livros do acervo do MP Itapevi. “Desde a experiência do ano passado com o Ateliê de Linguagem, percebemos que muitas crianças não têm livros em casa e nem incentivo ou indicações de leitura”, diz Catiusca. Depois que os livros circularem por todos os participantes, será sorteado um livro por turma.

Conheça o Ateliê de Linguagem, dedicado a língua portuguesa e matemática

Neste ano o pessoal do Matéria-Prima Itapevi passou a contar com um novo ateliê: o Ateliê de Linguagem. Nele, os participantes fazem atividades de língua portuguesa e matemática para ampliar a capacidade de leitura e escrita e desenvolver o raciocínio lógico. Todas as crianças do MP Itapevi participam desse ateliê duas vezes por semana, divididas em turmas com níveis diferentes.

Em cada turma, são formados grupos de quatro pessoas para fazer os exercícios. Assim, as crianças podem se ajudar com as dificuldades e trocar ideias sobre as atividades. “Quem ajuda também aprende, porque tem que pensar o conteúdo de uma maneira diferente para ajudar a resolver a dúvida do colega”, diz a educadora Maria Lúcia Vidal, que é responsável pelo ateliê junto com as educadoras Catiusca Borges e Renata Melo.

As atividades de língua portuguesa se baseiam em diferentes gêneros textuais, explorando a linguagem e a estrutura dos textos. Neste semestre, as turmas estão conhecendo crônicas, contos, fábulas, notícias, entrevistas e comentários de notícias – e elas também têm que criar seus próprios textos nesses gêneros. As crianças menores, que estão em fase de alfabetização, fazem textos coletivos e os leem para os colegas. Já as maiores escrevem individualmente e ajudam a revisar os textos umas das outras.

Os exercícios de matemática são feitos em forma de desafios, jogos e questões envolvendo números, grandezas, fórmulas… O importante é pensar bastante para chegar nos resultados! “Nesse ateliê, os participantes produzem o tempo todo. Lançamos desafios e colocamos eles na posição de leitores e escritores, sempre respeitando o tempo de cada um para fazer as atividades”, explica Maria Lúcia.

O ateliê não para por aí! Nos outros dias, as crianças preenchem o Diário do MP, um caderno para registrar tudo o que elas fizeram nos outros ateliês do MP Itapevi. Ao final de cada ateliê, a garotada cria textos para responder perguntas como “O que foi que fizemos hoje?”, “As atividades que nós fizemos hoje me fizeram pensar em…” e “Durante este ateliê eu descobri que…”, e completam com um desenho da atividade do dia.

Encontro “Era uma vez”

A contadora de histórias Kiara Terra convidou alunos e professores a observar elementos que constituem a narrativa. Quando se deram conta, estavam completamente envolvidos com personagens, cenários e situações! Criaram perigos, soluções, antídotos, pensaram no lugar-espaço e fugiram de seres fantásticos! Viveram aventuras relembrando, contando e recriando histórias. Esta foi a proposta do curso livre anual oferecido pelo projeto Matéria-Prima Itapevi: praticar exercícios para aprimoramento de  leitura e interpretação.

Coordenada por Kiara Terra, que é profissional da área de educação, a ação foi realizada entre os dias 06 e 31 de agosto em 10 escolas da rede Municipal de Itapevi (indicadas pela Secretaria Municipal de Educação).

50 professores e 600 crianças do Ensino Fundamental das escolas Cemeb Carlos Drummond de Andrade, Cemeb João Guimarães Rosa, Cemeb Jornalista João Valério de P. Neto, Cemeb Manuel Bandeira, Cemeb Mº Heitor Villa Lobos, Cemeb Professor Jossei Toda, Cemeb Professora Maria Roncagli Michelotti, Cemeb Professora Magali Trevisan P. de Almeida, Cemeb Zilda N. Arns e E. M. Arco Íris participaram da formação.

Alunos e professores olhando juntos para travessias colocadas em palavras.