Arquivos do Blog

Ateliê-Escola leva arte às paredes das escolas e maracatu para as ruas

O Ateliê Arte para Todos e o Ateliê Som e Movimento levaram as artes plásticas e a música para dentro e fora das escolas!

Ao longo deste ano, as turmas do Ateliê Arte para Todos criaram produtos diferentes sob a orientação dos educadores Fúlvia Marchezi e Renato Izabella. Um deles foram os pôsteres lambe-lambe. Cada criança teve sua foto impressa em preto e branco e ampliada em um papel A3. Depois, foram convidadas a pintá-las da maneira que quisessem. O resultado final foi um grande mural em cada escola feito com a técnica do lambe-lambe, que usa cola diluída em água para grudar os pôsteres na parede. Cinco escolas foram decoradas com esses pôsteres: EE Professora Amélia Moncon Ramponi, EMEF Professora Maria Lúcia dos Santos, EMEF Alferes Tiradentes, EMEF Carlos de Andrade Rizzini e EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho.

Os participantes do ateliê na EE Professora Amélia Moncon Ramponi e na EMEF Dr. Antônio Carlos de Abreu Sodré fizeram máscaras usando argila e papel machê. Eles observaram todos os detalhes de seus rostos para fazer moldes de argila, que foram cobertos com papel machê e coloridos com tinta látex, para serem expostos nas paredes das escolas. A EMEF Professor Laerte Ramos Carvalho e a EE Professora Amélia Moncon Ramponi ganharam outra instalação artística: painéis de mosaico. As crianças conheceram as técnicas de divisão, enumeração e contagem das pecinhas de azulejo para montar os painéis de mosaico dos desenhos que escolheram.

 

E o Ateliê Som e Movimento apresentou para os participantes as origens os instrumentos e o ritmo do maracatu! A educadora Mônica Santos ensaiou diversos toques e toadas com as crianças da EMEF Alferes Tiradentes e da EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho. As duas escolas se juntaram para fazer uma apresentação pelas ruas no entorno da EMEF João Gualberto, e toda a comunidade pode assistir! A turma da EMEF Alferes Tiradentes também se apresentou no fechamento da Mostra Cultural da escola.

Mão na massa para fazer máscaras de minotauro

As turmas do Ateliê Arte para Todos do Ateliê-Escola na EMEF Dr. Antônio Carlos de Abreu Sodré estão na reta final da criação do produto deste semestre: máscaras com argila e papel machê! Seguindo o tema “Rostos”, as atividades começaram com um exercício de desenho. Cada criança usou um espelho para observar o próprio rosto e desenhá-lo.

Depois, a educadora Fúlvia Marchezi mostrou como é o jeito certo de manipular a argila para fazer os moldes das máscaras. A sugestão foi de fazer máscaras do rosto de um minotauro, aquele personagem da mitologia grega que tem partes de humano e partes de touro. Usando cola e jornal, as crianças cobriram a argila com a técnica de papel machê. E agora estão dando cores às máscaras com tinta látex.

“Está sendo uma curtição total! As turmas nunca haviam mexido com argila e papel machê antes”, conta Fúlvia. Quando estiverem prontas, as máscaras vão ser instaladas para colorir as paredes da escola!

Máscaras tridimensionais começam a ser instaladas nas escolas do Ateliê-Escola

A primeira escola a instalar as máscaras tridimensionais de papel machê – feitas no Ateliê Arte para Todos da educadora Fúlvia Marchezi – foi a EE Amélia Moncon Ramponi. Agora a parede do corredor que liga o pátio às salas está coberta de rostos em papel machê!

Cerca de 70 crianças produziram as máscaras, que foram moldadas e esculpidas na argila e recobertas por papel machê. Toda a produção foi feita pelas crianças do 3º A e 3º C.

No próximo semestre, as outras escolas que participam do Ateliê Arte para Todos (EMEF Professor Laerte Ramos de Carvalho, EMEF Alferes Tiradentes, EMEF Carlos de Andrade Rizzini e EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho) também farão máscaras de papel machê.

Novidades na produção do Ateliê Arte para Todos

O Ateliê Arte para Todos na EE Amélia Moncon Ramponi está cheio de novidades em 2014! Cerca de 70 crianças estão produzindo um novo produto com a educadora Fúlvia Marchezi: máscaras tridimensionais de papel machê – rostos moldados em argila, recobertos por papel machê.

Antes de esculpir, os meninos e meninas do 3ºA e 3ºC sentiram de olhos vendados os rostos de seus colegas, brincando para explorar as formas do rosto. O objetivo da atividade era fazer com que cada um observasse detalhadamente o rosto humano. Agora, os pequenos estão na etapa de formação da escultura. Eles estão modelando rostos na argila e, para isso, se olham no espelho e depois reproduzem a imagem que veem na argila. O resultado pode ser algo bem próximo do real ou mais abstrato (meio maluco). A intenção é que os alunos façam suas esculturas inspiradas nas obras de Picasso.

Terminando as esculturas, as crianças vão fazer a aplicação do papel machê na argila. No próximo semestre, as outras escolas que participam do Ateliê Arte para Todos (EMEF Professor Laerte Ramos de Carvalho, EMEF Alferes Tiradentes, EMEF Carlos de Andrade Rizzini e EMEF João Gualberto do Amaral Carvalho) também participarão desta atividades. Queremos ver o produto final, hein, gente! Estamos supercuriosos!

Instalação das esculturas produzidas no Ateliê Artes, Jogos e Brincadeiras

Já mostramos as esculturas prontas aqui (clique para acessar) e agora apresentamos as instalações concluídas!

As esculturas foram confeccionadas em papel machê e adornadas com grafismos inspirados na cultura indígena e com referências à produção da artista Niki de Saint Phalle.

A partir de agora, os alunos das escolas EMEF Professor Laerte Ramos Carvalho, EE Professora Amélia Moncon Ramponi,  EMEF Carlos de Andrade Rizzini e  EMEF Alferes Tiradentes podem contemplar orgulhosamente as obras que produziram ao longo do semestre, conduzidos pelos educadores Fúlvia Marchezi e Tiago Gualberto!

Confiram o resultado: