Arquivos do Blog

Assembleia reúne crianças e educadores no MP Itapevi

A última assembleia do ano no Matéria-Prima Itapevi aconteceu no dia 16 de novembro. Alguns dias antes, as crianças receberam um papel para responder o que mais achavam legal no MP Itapevi, o que não é legal e precisa ser melhorado e o que elas podem fazer para melhorar o que não está bom. No dia, todas levaram suas anotações e compartilharam suas respostas, além de opinar sobre as respostas dos colegas. Elas discutiram sobre os ateliês, o horário livre, as refeições, bullying, entre outros tópicos.

Os educadores Bruno Helvécio, Fúlvia Marchezi, Marcio Maracajá e Renata Melo anotaram as respostas das crianças em três campos: “Fortalezas”, “Fraquezas” e “Oportunidades”. Agora, a equipe do projeto irá analisar as sugestões para elaborar um documento de propostas e princípios para o MP Itapevi, que será compartilhado com as crianças.

Anúncios

Por dentro do processo de criação da revista eletrônica “Abre-te Cérebro!”

Sites, blogs, redes sociais, YouTube, publicações online… A quantidade e a variedade de conteúdo disponível na internet são enormes. E também é cada vez maior o número de crianças e jovens que acessam informações pela rede. A última pesquisa TIC Kids Online Brasil, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) com o apoio da UNESCO, mostrou que 20,5 milhões de brasileiros e brasileiras entre 10 e 17 anos têm acesso à internet, sendo que 81% deles utilizam todos os dias. O Ateliê Matéria-Prima no Ar oferece às crianças do Matéria-Prima Itapevi uma imersão no mundo digital e a experiência de serem autoras de uma revista eletrônica: “Abre-te Cérebro!”.

O processo de produção da revista acontece ao longo de todo o ano, com a participação intensa das crianças em todas as etapas. O primeiro semestre é dedicado a atividades como leitura de livros, jornais e revistas, exibição de filmes e curtas-metragens, pesquisas na internet, discussões sobre temas em destaque na imprensa, entre outras. “Fazemos várias leituras e atividades para definir o que vamos explorar na revista”, explica a educadora Renata Melo. “A ideia é que os temas surjam a partir das nossas conversas.”

Além das sugestões de Renata e dos participantes do ateliê, muitas pautas são inspiradas na vivência das crianças no Matéria-Prima Itapevi. A edição deste ano, por exemplo, contará com uma matéria sobre mitos, tema que está sendo explorado no Ateliê Arte na Cidade, e uma entrevista com os pilotos da Stock Car Max Wilson e Ricardo Mauricio, que visitaram o MP Itapevi em setembro.

Os participantes realizam diversos procedimentos para elaborar o conteúdo da revista. As reportagens são feitas a partir de pesquisas, visitas e entrevistas (pessoalmente ou via Skype) que a turma toda realiza junta. As entrevistas são gravadas em áudio e as visitas são fotografadas pelas crianças. Depois, elas escolhem as matérias que gostariam de escrever e trabalham em grupos. Os áudios das entrevistas são divididos em partes para os participantes transcreverem e utilizarem nos textos. As matérias passam por três revisões: uma individual (feita por cada membro do grupo), uma de Renata e uma coletiva.

A educadora também faz uma edição final no texto para publicá-lo na revista. “Eu só faço algumas edições para deixar o texto mais claro e para manter uma linguagem padrão entre as matérias”, diz. As crianças também colaboram ativamente na etapa de diagramação. Elas são as responsáveis pela escolha das imagens e avaliam as cores e fontes que serão utilizadas. Renata ainda apresenta alguns conceitos de diagramação para as crianças praticarem no PowerPoint. Além disso, elas têm contato com vários sites e plataformas online ao longo do processo, como redes sociais e YouTube.

A experiência da revista ajuda os participantes a desenvolverem habilidades essenciais para qualquer atividade que eles realizem no futuro: trabalho em grupo, leitura e escrita, elaborar perguntas e escutar atentamente as respostas, pesquisar e organizar os conteúdos… A responsabilidade e o comprometimento também são fundamentais neste processo. “Eles entendem que não dá para fazer qualquer coisa e de qualquer jeito, porque será publicado na internet, onde todo mundo pode ler, e precisa ter qualidade.”

Ficou curioso para saber como é a revista “Abre-te Cérebro!”? Aproveite e confira neste link a mais nova edição da revista eletrônica, publicada neste mês pelo ateliê.

abre-te-cerebro-7

Visitas culturais do MP no Ar e do MP Encena

Mais duas visitas realizadas pelo Ateliê Matéria-Prima no Ar serão temas de matérias na revista eletrônica “Abre-te Cérebro”: a 32ª Bienal de São Paulo, em 14 de setembro, e o CineSesc, em 18 de setembro. A educadora Renata Melo também levou os participantes do Ateliê Matéria-Prima Encena ao teatro do Sesc Santo Amaro para assistir à peça “A famosa invasão dos ursos na Sicília”, no dia 22 de setembro.

MP no Ar: reportagens para “Abre-te Cérebro!”

Os participantes do Ateliê Matéria-Prima no Ar, do Matéria-Prima Itapevi, e a educadora Renata Melo conheceram o Planetário Professor Aristóteles Orsini, no Parque Ibirapuera, e o Instituto Chão. O intuito das visitas, realizadas nos dias 13 e 31 de agosto, foi produzir reportagens para a próxima edição da revista eletrônica “Abre-te Cérebro!”.

Encontros para reunir pais, responsáveis e familiares no MP Itapevi

O Matéria-Prima Itapevi tem um sábado reservado a cada mês para um encontro com os pais, responsáveis e familiares das crianças participantes. Os encontros de pais começam com um café da manhã e uma conversa com a coordenação. Em seguida, um dos educadores apresenta o ateliê pelo qual é responsável e realiza uma dinâmica com os participantes. É uma forma de integrá-los às atividades do MP Itapevi e mostrar um pouquinho do que acontece nos ateliês. Cerca de 60 pais, responsáveis e familiares participaram de seis encontros no primeiro semestre deste ano. Veja como foram!

1º encontro: Em fevereiro houve dois encontros de pais. O primeiro aconteceu no dia 13 e foi conduzido pela coordenação do MP Itapevi. A equipe falou sobre os ateliês e as atividades que serão realizadas ao longo do ano, além de apresentar os educadores e a equipe do MP Itapevi.

2º encontro: No dia 27 de fevereiro, a educadora Simone Medeiros, do Ateliê de Percussão, explicou cada instrumento utilizado pelo Bloco MPI no Ateliê. Ela também fez uma oficina em que os pais, responsáveis e familiares tocaram uma música usando o corpo como instrumento, batendo as mãos e os pés.

3º encontro: O encontro seguinte aconteceu em 26 de março e contou com dois educadores. Edson Santos, do Ateliê de Capoeira, mostrou movimentos e instrumentos tocados na roda de capoeira e convidou alguns participantes para fazer os movimentos junto com ele. Roberta Fortunato se apresentou como a nova educadora do Ateliê Arte na Cidade e compartilhou os trabalhos que as crianças tinham feito até o momento.

4º encontro: As educadoras Catiusca Borges, Maria Lúcia Vidal e Renata Melo organizaram uma atividade do Ateliê de Linguagem com os pais, responsáveis e familiares no dia 30 de abril. Eles escreveram uma nova versão da fábula “O leão e o ratinho” e compartilharam com o grupo. Catiusca, Maria Lúcia e Renata também deram sugestões de coisas que a família pode fazer em casa para ajudar as crianças a melhorar a leitura e a escrita.

5º encontro: O Ateliê Canto em Grupo foi o tema do 5º encontro, realizado em 21 de maio. O educador Daniel Reginato conduziu jogos musicais e uma brincadeira de mímica e imitação. Depois ele ensinou a música “Maracangalha”, de Dorival Caymmi, para que todos os participantes cantassem em coro.

6º encontro: No último encontro do semestre, em 25 de junho, a educadora Renata Melo e os participantes do Ateliê Matéria-Prima Encena realizaram a primeira etapa da oficina de bonecos de materiais recicláveis junto com os pais, responsáveis e familiares. Eles vão terminar de construir seus bonecos no próximo encontro de pais, que acontece em agosto.

Crianças e idosos montam bonecos juntos em oficina no CCI

Cerca de 40 idosos participaram de uma oficina diferente no Centro de Convivência do Idoso de Itapevi (CCI). As crianças do Ateliê Matéria-Prima Encena, do Matéria-Prima Itapevi, e a educadora Renata Melo visitaram o CCI para ensinar os idosos a confeccionar bonecos com materiais recicláveis. A oficina aconteceu em cinco encontros de manhã e à tarde, realizados nos dias 17, 24 e 31 de maio e 7 e 21 de junho.

A técnica utilizada pelas crianças foi a mesma que elas usaram no Ateliê para construir os fantoches que serão usados nas encenações do segundo semestre. A garotada orientou os idosos do CCI a fazer os bonecos com garrafa PET, fita crepe, jornal e filtro de café de papel. Depois, os idosos pintaram seus bonecos e colocaram uma roupinha neles para dar o toque final – Renata pediu para uma costureira fazer as roupas especialmente para a oficina. Tanto as crianças quanto os idosos curtiram muito essa experiência!